sábado, 5 de junho de 2010

Centrália, a cidade que explodiu, Pensilvânia.


Centralia tinha como principal produção de renda a mineração de carvão, porém em 1962 um acidente envolvendo a usina crematória de lixo e as jazidas de carvão começou a consumir a cidade em incêndios e explosões. 
Um enorme incêndio no subsolo da cidade liberou gases tóxicos à superfície, gerando calor e casuando incêndios por toda a cidade neste período. Toda a população foi obrigada a abandonar a cidade para evitar doenças respiratórias e por não haver encontrado forma de evitar o enorme incêndio.
Além dos gases tóxicos, muitos outros perigos foram assustando os moradores de Centralia. O dono de um posto de gasolina fechou as portas em desespero após descobrir que a gasolina no tanque subterrâneo do posto estava com mais de 75 °C.

Buracos enormes se abriam no chão. Há um relato de que em 1981 um garoto de 12 anos foi salvo por um amigo quando caiu em um desses buracos.



Este eco-acidente atraiu a atenção do cogresso americano, porém não foi possível a restauração da cidade. Em 1992 o estado da Pensilvânia condenou toda a cidade e o governo também abandonou o projeto de controle do incêndio e até os dias de hoje, passados mais de 40 anos do acidente, o fogo no subsolo continua ativo e, segundo especialistas, continuará por, no mínimo, mais 500 anos.




















Fontes: www.panoramio.com


Vídeos sobre Centralia:







8 comentários:

  1. Acho super incrível os acontecimentos que rodearam centralia assim como tambem sou fan do game silent hill e torço para que isso seja verdade.

    ResponderExcluir
  2. CENTRÁLIA

    O maior perigo da civilização moderna
    Bem debaixo dos nossos pés agora está
    Afligiu também o homem da caverna
    Na erupção vulcânica este inimigo virá

    A Sibéria já experimentou o super vulcão
    O mar se transformou numa banheira
    O sulfeto de hidrogênio gerou a extinção
    Veneno que destruiu a vida marinha inteira

    Aconteceu há mais de 25 milhões de anos
    Repetindo em 1962 no subsolo de Centrália
    Cidade norte-americana, este gás metano
    Trouxe devastação e uma enorme falha

    As espécies que restaram resistiram
    Os mares voltaram as suas atividades
    Os bolsões de magmas diminuíram
    Trazendo a evolução para a humanidade

    José Carlos Gueta - O POETA DO ABC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bacana o poema. obrigado. é a primeira postagem minha que recebe um.
      muito grato.

      Excluir
  3. Hehehehe... e lembrando que 2016, quando ela deve ser reaberta (como diz a pedra do Centenário), está chegando... será????

    ResponderExcluir
  4. 2016 chegou e... porra nenhuma. Mas vcs são frouxos, hein?

    ResponderExcluir

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS