sábado, 19 de março de 2011

Nova Iorque abandonada


Nova Iorque é uma cidade com muitos lugares esquecidos. Alguns já até postei aqui, em várias categorias. O material é vasto na net.
O site http://www.abandonedny.com/ me abriu uma infinidade de portais sobre lugares abandonados em Nova Iorque e na América. É um mega portal sobre o tema. 
Então resolvi fazer uma postagem das coisas mais loucas e diferentes que eu encontrasse nessa pesquisa. E não é que deu pra fazer uma seleção interessante!! Descolei uns subtemas bem legais e links muito bons. A cada fim de uma postagem, postarei os links fonte e, ao final de todas, uma lista de galerias de vários sites que encontrei, selecionados a dedo. Vamos lá! por ordem alfabética...

Barco hospital abandonado
Esse barco merece ser a primeira postagem. Lugar incrível, e sem ser na conhecida paisagem de NY. Tem muitos portos em NY e muitos cemitérios de barcos. Esse é um deles.












Fonte da pesquisa: 


Bicicletas abandonadas por NY
Os novaiorquinos simplesmente largam suas bikes presas aos postes e grades de NY. É impressionante a quantidade. Eu acho que vem um, e rouba uma roda, e depois vem outro, e tira um outro pedaço. Muitas estão amassadas, provavelmente de acidentes, ou simplesmente jogadas ao relento. Você andando e vendo uma dessas em NY não deve achar de todo estranho, mas quando se vê o conjunto... é chocante. O fotógrafo jschumacher fez um registro incrível. Eu trouxe um sample pro blog. Quem quiser, se joga depois no link do cara. Vai ficar de cara! hehe.








































Fonte:




Childs Restaurants
Os Restaurantes Childs foi uma das primeira cadeias nacionais de restaurantes nos EUA e Canadá. O primeiro foi fundado em 1889, pelos irmão Samuel e William Childs, e teve seu auge entre as décadas de 20 e 30, possuindo 125 estabelecimentos espalhados pelos dois países. Servia mais de 50 mil refeições por ano, o que, à época, era um fenômeno de vendas. A partir de 1930, a cadeia de restaurantes foi vendida e, pouco a pouco, começou a declinar até fechar definitivamente na década de 70. Os prédios dos restaurantes, os que sobraram, são históricos. O arquiteto oficial da rede era John Corley Westervelt, porém, ele era acessorado pelos melhores arquitetos em voga, um deles que foi Willian Van Alen, o  arquiteto modernista do Chrysler Building.

O postal antigo mostra como eram, por dentro, os Childs Restaurants.






















Fontes da pesquisa:








Estação de metrô abandonada no Bronx
Há outras estações abandonadas, as mais antigas, do século 19, início dos 20, estão fechadas e são lugares incríveis de exploração, outras estão em bairros decadentes. A galera do site http://www.abandonedbutnotforgotten.com, uns exploradores bem sérios e equipadíssimos, foram numa dessas, no Bronx. Dá só uma olhada no cenário!



























Fonte da pesquisa:



Pavilhão da Feira Mundial de 1964 em NY
A Feira Mundial de 1964 foi a terceira maior , sediada em NY. Tinha como tema "Paz através da compreensão". Os expositores eram os estados, as corporações americanas, e países internacionais: Espanha, Vaticano, Japão, México, Suécia, Áustria, Tailândia, Suécia, Filipinas, Grécia e Paquistão. a maioria das nações europeias, Seu tema foi simbolizado pela, ainda existente no local, Unisfera, um modelo do globo terrestre, de aço inoxidável, em escala gigante.
O pavilhão que da postagem é uma sólida construção de concreto, que ainda impressiona pela imponência e pelo abandono. Todos os outros pavilhões foram desmontados e re-montados nos seus estados. O de Nova Iorque ficou, é dele que estamos falando, da monumental estrutura de concreto, cheia de cabos de aço e duas torres que eram mirantes. O local todo é no Flushing Meadows Corona Park, em Queens. Logo no ínício algumas imagens do Pavilhão de Nova Iorque na época da Feira Mundial.






















































Fontes:













Link de proposta de revitalização urbana para o local:


Mais sobre a Feira Mundial de 1964 em NY:



Ruínas do Riverside Park South, Manhattan
As ruínas dessa estrutura metálica, às margens do rio Hudson, é um excelente exemplo de como o poder público, através de um planejamento urbano sério e comprometido com seus fins, pode revitalizar áreas degradadas, devolvendo-as ao uso do pedestre, do traseunte da cidade. Parabéns NY!


























Fontes:

















O Temple Courting Building
Claro que nessa postagem não poderia faltar um daqueles mega prédios novaiorquinos, da primeira metade do século 20, ou até mesmo do finalzinho do século 19, completamente abandonado e absolutamente maravilhoso. Pois ai está o Courting Building, localizado num lugar, onde milhares de pessoas passam diariamente e sequer se dão conta do monumento abandonado, gigante e vermelho, que eles têm por perto.
O prédio foi encomendado pelo comerciante/banqueiro irlandês-americano Eugene Kelly, multimilionário. Construído entre 1881 e 1883, ele é todo executado em tijolos vermelhos da Filadélfia, pedra Dorchester, e terracota, acima de uma base de granito de dois andares, ornado com motivos dos seguintes estilos: motivos Rainha Anne, Neo Gregos, e motivos do Revival renascentista, olha só que fino! É um dos poucos exemplos de prédios da época, que não foi alterado.




















































Fontes da pesquisa:
Galerias de sites que abordam o tema Nova Iorque abandonada:








Outras galerias urbex:





5 comentários:

  1. Melhor post... Esses lugares me fascinam demais. Fico pensando em toda historia e todas as pessoas que esse lugar ja viu passar!!

    Destaque para o Pavilhão da Feira Mundial, arquitetura incrivel!
    Parabens URBAN EXPLORER

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Wester, o Pavilhão é o meu preferido tb. O Pedro disse que já passou por esse lugar... chic, o nosso amigo, hein!

    ResponderExcluir
  3. O que mais impresiona de todo, é como se conservam objetos do mesmo jeito que foram deixados... Diferenças culturais... Se fosse num pais latino....

    Excelente post...!!!

    ResponderExcluir
  4. ... se fosse no brasil, só restariam as paredes. nem os telhados sobrariam, objetos então!...

    ResponderExcluir
  5. Tudo muito impressionante... parabéns!!!

    ResponderExcluir

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS