terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Cemitério de Carros - Bélgica


"Uma das mais antigas vilas na Bélgica está cercada por dois cemitérios de carros abandonados. O primeiro cemitério é relativamente pequeno e está ligado ao quintal de algumas casas locais. Estes carros são dos anos 60 até aos 80's. É um misto diversidade de países europeus e produção norte-americana. Com o tempo a corrosão e deterioração criou estas imagens."























Links:


segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Torre do Graf Zeppelin - Recife - Brasil


Um amigo explorador urbano, de Recife, meu correspondente especial "Lost Tears Wisp", me mandou um material ótimo. É uma torre onde atracava um zepelin. Hoje ela está perdida, esquecida nas dependências de um quartel da polícia militar, distante de sua história e importância. Pois nosso amigo LTW foi lá e tá mostrando aqui pra gente. Vamos ver.

"Em 22 de maio de 1930, surge nos céus do Recife, uma gigantesca e prateada máquina voadora vinda da Europa.









Era a primeira viagem do Graf Zeppelin da linha Friedrichshafen/Recife/Rio de Janeiro.
Um evento memorável para a cidade que tornava-se escala obrigatória de vôos entre a Europa e America do Sul.
O Graf Zeppelin ficava atracado no bairro do Jiquiá. Como podem ver em fotos da época.


A aeronave ficava atracada em uma torre que foi modernizada em 1936. Contudo, um acidente em New Jersey encerrou a era dos dirigíveis um ano depois.
O que isso tem a ver comigo?
Nada... até o meu irmão comentar que a torre onde o Graf Zeppelin atracava ainda está de pé aqui no Recife.
Pesquisei em vários sites onde encontrei a história e fotos, mas nenhum deles informa o acesso. O bairro do Jiquiá é grande. Eu levaria muito tempo procurando.

Imaginei que uma torre de 19 metros de altura poderia ser vista pelas poderosas lentes dos satélites que rodeiam o globo terrestre, assim, passei a rastrear todo o bairro do Jiquiá.
E não é que encontrei...

Assim, passei suas coordenadas para o meu GPS e corri com o objetivo de voltar à década de 30.

Ao chegar à rua que dava acesso a torre, havia uma guarita com uma cancela aberta e uma placa dizendo “Bem vindo ao CIOE”. Como não havia ninguém na guarita, entrei.
Encontrei a única torre de Zeppelin ainda que ainda permanece de pé em todo o mundo.



Ela foi restaurada durante a década de 80 e uma segunda vez em 2005.





Sim, mas acontece que eu não estava em um lugar público. O CIOE aqui em Pernambuco é o equivalente ao BOPE do Rio de Janeiro. Eu estava dentro do quartel do CIOE!!
Fui abordado por um policial que perguntou de onde eu era. Informei ser um turista com o objetivo de visitar a torre. Ele por sua vez informou que eu deveria ter ido direto ao posto da guarda. Expliquei minhas dificuldades de acesso e ficou tudo certo.

Antes de ir embora, fui ao posto da guarda conversar com o adjunto. Um homem muito simpático disse que me viu chegar, mas percebeu que estava fotografando e por isso não fez a abordagem.

Informou também que o local é visitado por turistas brasileiros e estrangeiros (a maioria da Alemanha).

Em dezembro de 2010 foi aprovado um projeto para revitalização do parque do Jiquiá. O quartel vai dar lugar a um museu e diversas atrações públicas das quais estará a Torre do Zeppelin.


Não deixando de esquecer. A torre do Zeppelin é uma atração turística que quase ninguém conhece. Ela fica nas coordenadas: S8 04 42.3 W34 55 33.8 Próximo a estação Mangueira (metrô). Ao chegar, informe a guarda sua intenção de visita."

Vídeo raro do Graf Zeppelin, voando em direção ao mar, sobrevoando Matinhos, no Paraná:





Imagens do Zeppelin:


http://www.vintag.es/2011/05/graf-zeppelin-lz127.html


Links importantes:

sábado, 22 de janeiro de 2011

Complexo Aquático Abandonado Russo - Kislovodsk


O que sobrou do complexo aquático, construído em 1974 em Kislovodsk, que foi utilizado pelos nadadores que participaram das Olimpíadas de 1980.





































Fonte:

http://englishrussia.com/index.php/tag/kislovodsk/

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS