terça-feira, 29 de março de 2011

Matéria do Correio Braziliense sobre o http://lugaresesquecidos.blogspot.com/

Saiu no último domingo, numa página inteira do caderno Cidades do Correio Braziliense, uma reportagem sobre o blog. 
http://lugaresesquecidos.blogspot.com/ agradece aos visitantes e aos seguidores que curtem o blog.

Obrigado todos,
Renato Pantoja.

Prisão russa em Perm



O clima hostil da Rússia é muito mais hostil numa prisão russa. Essa, localizada em Perm, foi fechada em 2005. E o fotógrafo Leonid Varlamov visitou esse lugar, captando o que sobrou dela.
A prisão está rodeada por aldeias, também abandonadas, e só se chega lá no inverno, se as estradas estiverem limpas. Não deve ter sido uma visita agradável, mas o lugar é muito interessante. O fato do lugar estar coberto de neve, suavizado de branco, contrasta com a imagem da prisão, ativa, em tempos de neve. O lugar tinha sistema de aquecimento, mas uma prisão na Rússia ... não devia ser nada fácil.








































Fonte:

Leonid Varlamov

http://mmet.livejournal.com/59632.html

domingo, 27 de março de 2011

Estação de trem abandonada em Abecásia


Esta estação é linda! Uma relíquia escondida, na cidade de Abecásia. 
As estações de trem soviéticas eram, muitas vezes, monumentos marmóreos exagerados e rebuscados, fato que contrastava com o simples cidadão soviético, o verdadeiro usuário dessas estações. A partir do colapso do império soviético, as ferrovias também começaram a ser abandonadas.
A ferrovia da Abecásia consiste em linhas que somam 185 km. A principal delas, está ao longo da costa do Mar Negro. Interliga o Cáucaso Norte da Rússia, porém a conexão com a Geórgia foi cortada como resultado da guerra na Abecásia. A ferrovia é administrada pela estatal Zheleznaya Abkhazskaya. 
O sistema ferroviário da Abecásia foi isolada na década de 1990 devido ao bloqueio imposto pela Rússia. A ferrovia estava fora de uso desde o início de 1990, um período que testemunhou o colapso da União Soviética e a guerra da Geórgia e Abecásia. Hoje o sistema ferroviário restante serve somente como transporte de cargas entre a região da Georgia, deixando assim, várias estações de passageiros sem uso, abandonadas.
























Fontes:


TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS