terça-feira, 18 de setembro de 2012

O explorador das antigas ferrovias paulistas - Daniel Gentili - Parte 2


Fiz uma postagem sobre o Daniel Gentili em junho deste ano:
Ele percorreu durante décadas uma boa parte das ferrovias brasileiras (como usuário e explorador) e coletou um material vasto e muito importante para a memória de nosso país. Presenciou a fase áurea e a decadente das estações e ferrovias. Não conheço outro registro tão completo feito sobre a história e o estado atual do transporte ferroviário no Brasil. Uma imensa rede que hoje é subutilizada e quase não transporta mais passageiros, somente carga.
O Daniel me enviou imagens de mais estações que visitou e também de outras que nem existem mais. Mandou também imagens de outros amigos exploradores de estações abandonadas como Edvard Pereira, Juliano Yamakawa, Marcelo Szk, Nilson Thomé, Ralanari, Raul Lisboa e Zekinha. Parabéns à todos, devem ter sido passeios e explorações realmente maravilhosos.
Ele mandou também um vídeo montado com fotos antigas de seu tio, Luiz Simonetti,  o qual também era um amante e usuário das ferrovias que cobriam o sudeste, sul e centro-oeste. O vídeo é um registro da construção de um túnel da Ferrovia Sorocabana, em 1945, e é com ele que quero começar a postagem. Fantástico!


Algumas estações não resistiram ao abandono e ao crescimento urbano, simplesmente sumiram. Como é o caso da estação que havia em Belém, minha terra natal, a qual eu nem cheguei a ver, pois quando eu nasci, ela não mais existia. Era a estação do trem que fazia a linha Belém-Bragança:
















Anápolis, Goiás.



Camizão - Mato Grosso do Sul


Itaguaí


Garanhuns


Palmares

Essas estações ficaram, no tempo, na memória de alguns.


Afogados da Ingazeira - Pernambuco



Água Boa - Paraná



Estação velha de Avaré - São Paulo
A estação antiga foi abandonada em nome da construção de uma nova, porém a que foi construída depois também foi abandonada após as privatizações da ferrovias no país. Ambas pertenciam à E.F. Sorocabana.




Belo Valle - Minas Gerais



Biriguí - São Paulo
Juntamente com as estações de Guararapes e Lavínia (ambas em SP) e Mário Dutra, Bolicho, Camizão e Corumbá (estas no Mato Grosso do Sul) pertenciam à E.F. Noroeste do Brasil.



Bolicho - Mato Grosso do Sul


Buritizeiro - Minas Gerais



Cândido Rodrigues - São Paulo
Pertencia à E.F. Araraquara (Araraquarense).









Carazinho - Rio Grande do Sul





Cariré - Ceará


Elihu Root - São Paulo
Próxima à cidade de Araras, pertencia à Cia. Paulista.




Guararapes - São Paulo
Da E.F. Noroeste do Brasil.




Lavínia - São Paulo


Marcelino Ramos - Rio Grande do Sul




Mário Dutra - Mato Grosso do Sul


Meridiano - São Paulo
Da E.F.Araraquara.





Miguel Burnier - Minas Gerais






Nogueira - São Paulo
No km 25 da E.F. Noroeste.







Palmital - São Paulo
Da E.F. Sorocabna.







Vídeo da estação:



Parapuã - São Paulo








Estação Véu de Noiva - Paraná



Vídeos da estação Véu de Noiva:




Obrigado Daniel Gentili, mais uma vez você mandou muito bem no material e informações. Termino a postagem com sua palavras sobre essa estação no Paraná:

"Esta estação fica no trecho entre Paranagua e Curitiba onde existe um trem turístico ( ainda não conheço este passeio mas estou bastante relutante em faze-lo , pois vou ver várias situações como as fotos ‘dizem’vou ficar revoltado mais ainda...)

A paisagem é linda.....como é na serra no trecho da antiga SPR ( EFSJ ).

Mas imagine um turista de outro país neste trem turístico vendo  o abandono das nossas ferrovias ! ! !  É de chorar de vergonha por ser brasileiro....

Desculpe o desabafo."

Mais informações sobre ferrovias brasileiras em:




Mais vídeos de estações abandonadas pelo Brasil:




5 comentários:

  1. Parabens a vcs, colaborador e blogueiro.
    Muito rica essa postagem!!!

    ResponderExcluir
  2. Pois então! o Daniel deixou pra a memória do futuro esse registro precioso. Espero que nunca se apague.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns por mostrar o descaso dos governos em não conservar o nosso patrimônio histórico. É lamentável tanto descaso.

    ResponderExcluir
  4. Simplesmente sensacional, parabéns por este registro fotográfico. aguardamos uma resposta por nossos comentários, pois não sabemos se chegou ate você, grande abraço

    ResponderExcluir
  5. Concessionárias criminozamente abandonnaram as ferrovias causando grandes transtornos as prefeituras, não existe mais conservação de linhas e na infra-estrutura das linhas.

    ResponderExcluir

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS