quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Cidades esquecidas no Brasil



Postagem atualizada em 12 de novembro de 2012
Velho Airão - Amazonas
Antigamente conhecida como Airão ou Aerão, a primeira cidade do Amazonas - antes mesmo da fundação de Manaus - fundada por volta de 1694, foi o primeiro povoado às margens do Rio Negro.
Até a Segunda Guerra Mundial, foi uma cidade importante e abasteceu os ingleses com látex para seus pneus pois concentrava toda a produção de borracha no Amazonas desde sua fundação.
Com o fim da guerra e a opção pela borracha de sua colônia - Malasia - Airão começou a decair até falir completamente, tal sua dependência do ciclo da borracha. Em 1984 foi abandonada completamente, tendo seu últimos moradores transferidos para a nova cidade, Novo Airão.




























Fonte:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Velho_Air%C3%A3o

http://www.panoramio.com/user/112732?with_photo_id=31888884

http://www.flickr.com/photos/ryan_roxx/6913881248/sizes/l/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/ryan_roxx/6913881248/sizes/l/in/photostream/

http://www.flickr.com/photos/9082964@N06/

http://www.flickr.com/photos/luizpontualmarx/

http://www.flickr.com/photos/fly_angler/

http://www.flickr.com/photos/marktaylor99944/

Vídeos:






Postagem atualizada em 10 de novembro de 2012

Igatu - Bahia
Na Chapada da Diamantina há vários vestígios, vilarejos e ruínas deixadas pela atividade garimpeira de diamantes no Brasil. Igatu é um exemplo desses lugares. Pertecente ao município de Andaraí, no topo da Chapada, hoje possui pouco mais de 300 habitantes, não é um lugar completamente abandonado e no fim do século 19 chegou a ter mais de 9 mil habitantes. Porém, há uma parte da cidade toda de casas de pedras, resquícios dos mineradores, as ruínas do Bairro Luis dos Santos, a vila construída em pedras pelos garimpeiros. Um lugar pitoresco numa região de natureza exuberante. Meu destino, algum dia.


































Todos os direitos das imagens são reservados aos seus autores nas fontes de pesquisa citadas abaixo:

http://www.panoramio.com/user/2923008?with_photo_id=54191059

http://joaquimnery.wordpress.com/page/4/

http://www.panoramio.com/user/130831?with_photo_id=2505425

http://www.panoramio.com/photo/2505425

http://www.panoramio.com/user/919982?with_photo_id=4756921

http://www.geolocation.ws/v/P/24012862/igatu/en

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1484015&page=6

http://joaquimnery.wordpress.com/page/4/

http://br.groups.yahoo.com/group/anizambabrasil/message/2560

http://hoteliernews.com.br/2010/06/ConhecemosaPousadaPedrasdeIgatunaChapadaDiamantina/

http://poltergeistmacabro-vs666.blogspot.com.br/2012/09/cidades-fantasma-brasileiras.html

http://joaquimnery.wordpress.com/page/4/

http://br.groups.yahoo.com/group/anizambabrasil/message/2560



Vídeos:

Projeto de fotografia de Rafael Martins para promover a conservação deste lindo lugar.




Postagem anterior:
Três cidades abandonadas. Três motivos e histórias diferentes. Ararapira - no litoral norte do estado do Paraná - Cococi no Ceará, em pleno sertão nordestino e Fordlândia no Pará, encravada na mata amazônica.

Ararapira - Paraná
Datada do século 18 Ararapira foi fundada pela coroa portuguesa em local estratégico. Todos os viajantes entre São Paulo e Curitiba passavam por ela obrigatoriamente. 
Ararapira prosperou no século 19 e possuía um porto ainda mais movimentado do que o de Santos. No século seguinte, até os anos 30, a cidade viveu tranquila, mas com a abertura de estradas e rodovias que absorveram o fluxo que passava através dela, ela começou a decair. E como se não bastasse a modernidade ter acabado com sua importância, o fluxo do rio e os regimes de suas marés frami completamente alterados pela construção do Canal do Viradouro, nos anos 40, fazendo com que a cidade fosse literalmente "comida pelas beiras" sendo engolida pelo rio. Hoje, apenas seu cemitério é usado por habitantes de outros vilarejos da região.
























Fontes:

http://abandonadacidade.blogspot.com.br/2012/02/cidade-de-ararapira.html

http://araribacultural.wordpress.com/2011/07/26/cidade-fantasma-do-ararapira/

http://www.geolocation.ws/v/P/22594636/ararapira-pr/en

http://www.panoramio.com/user/450748?with_photo_id=29262000

http://www.panoramio.com/user/1862142?with_photo_id=24048555

http://www.panoramio.com/user/2917647?with_photo_id=55725782

http://www.panoramio.com/user/936460?with_photo_id=5387307


Vídeos:













Cococi - Ceará
A cidade inteira pertenceu à rica família Feitosa. Um clã oriundo da Bacia do Rio São Francisco e que no século 18 se mudou para a região e começou a distribuir terras de sua enorme fazenda.
Nos anos 50 Cucuci já era considerada oficialmente como município, mas a gestão corrupta gananciosa do Major Feitosa - já no terceiro mandato como prefeito - chamou a atenção do governo do país e em 68 os militares decidiram extinguir o município.
Logo em seguida a família Feitosa se mudou deixando a cidade e seus habitantes à deriva, sem terem mais como se sustentarem, que se mudaram um a um e, segundo o CENSO de 2010 do IBGE, há apenas 7 habitantes no local, os quais vivem sem energia, água. Se tornaram contemporâneos presos no passado.






































Fontes:

http://www.panoramio.com/user/6094018?with_photo_id=57203345

http://www.panoramio.com/user/5773764?with_photo_id=68833500

http://www.lugaresesquecidos.com/forum/viewtopic.php?f=17&t=1362

http://www.alltravels.com/brazil/ceara/parambu/photos/current-photo-68833630

http://dacadeirinhadearruar.blogspot.com.br/2011_07_01_archive.html

Vídeos:




Fordlândia - Pará
Fordlândia nasceu da ideia megalomaníaca de Henri Ford de construir, na Amazônia, uma cidade/fábrica de beneficiamento da borracha que abastecesse sua produção automotiva nos EUA com matéria prima para os pneus de seus carros.
Foi em 1957, e a área comprada por ele era duas vezes o estado de Delaware nos Estados Unidos. Em plena amazônia ele concretizou seus objetivos e povoou sua cidade com os habitantes da região, os quais também seriam sua mão de obra. Porém, algumas coisas não se encaixavam. Henri Ford submeteu sua população - caboclos  nativos à rígidos padrões de horários e comportamentos. Isso incluía horário para tudo - acordar trabalhar, comer, dormir e até se divertir - e uniformes que teriam que vestir. Trabalhadores revoltosos eram marcados e mantidos na "rédea curta". Bailes no estilo big bands americanas eram realizados e todos tinham que dançar a nova dança.
Não demorou para que uma grande revolução acontecesse e os trabalhadores começassem a abandonar Fordlândia e, aliado à isso, o crescimento da produção da borracha sintética também contribuiu muito para o enfraquecimento das ideias de Ford (estudos apontam que Hitler se inspirou nos escritos de Ford sobre a cidade para criar seus campos de concentração).
Não satisfeito com nada disso, Henri Ford atravessou o rio e fundou Belterra, com as mesmas intenções que tinha para Fordlândia mas bem rápido desistiu e foi embora do Brasil. Belterra prosperou e Fordlândia foi esquecida. 
Hoje a cidade de Henri Ford é uma atração turística indispensável para quem viaja por aqueles lados. A prefeitura de Belterra cuida muito bem da cidade - como patrimônio histórico que é - e hoje ela ainda está lá, esquecida e quase intacta.



















































Fontes:





Vídeos:



3 comentários:

  1. Gostaria de esclarecer que várias fotos destas mencionadas acima não são de Fordlândia e sim da cidade de Belterra.
    Qualquer dúvida, acesse www.blogdoronilson.com e entre em contato comigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela informação, Ronilson. Mas você poderia citar quais as imagens não são de Fordlândia e sim de Belterra? ou mandar o link da página do seu blog que mostra isso, pois eu não consegui encontrar.
      Abraços. Aguardo resposta.

      Excluir
  2. Olá Renato, achei seu site e gostei bastante. Sou fotografo e recentemente publiquei em meu blog, fotos e vídeos de uma vila abandonada que encontrei aqui em Campinas. Segue link do vídeo:

    http://etcvideostudio.wordpress.com/2012/12/07/memoria-da-vila-fantasma/

    obrigado!

    ResponderExcluir

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS