quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Gávea Tourist Hotel - São Conrado - Rio de Janeiro



O Gávea Tourist Hotel foi projetado pelo arquiteto Décio da Silva Pacheco e seu programa de necessidades previa área de lazer, bosque, restaurante, transporte gratuito e até um teleférico, claro, além dos seus 22 mil metros quadrados de área, 30 mil destes de área construída mais seus 16 pavimentos com 480 apartamentos.
Seu lançamento foi em 1953 e se localizava em lugar privilegiado no Rio de Janeiro entre o mar de São Conrado e as montanhas. A empresa construtora vendeu rapidamente 11.520 mil cotas do empreendimento, com o marketing de que cada cota garantiria 15 dias de hospedagem de graça ao ano ao comprador.
A obra se arrastou por muito tempo, mais do que se prometia, mas a construção alavancou e o hotel chegou a ter elevadores suíços e recebeu até o habite-se parcial para seus últimos andares onde funcionavam um restaurante e uma boate, a Sky Terrace. Foi lá, em 1965, que se realizou um réveillon pra mais de mil pessoas. Porém, nada mais se fez pela construção do hotel.
A construtora, num golpe oportunista em 1972, transferiu a propriedade do imóvel para duas pessoas físicas e então se iniciou uma briga judicial. Em 1977  a empresa faliu.
Mas finalmente algo de novo aconteceu. Numa das maiores batalhas judiciais da história, o hotel e toda sua área foram vendidos por mais de 29 milhões em setembro de 2011.
Sob protestos dos milionários que residem nas redondezas, o hotel voltará a ser hotel e aumentará o número efetivo de hotéis na copa do mundo e olimpíadas no Rio de Janeiro, sem afetar o meio ambiente com uma nova construção. O esqueleto será reutilizado. 
Hoje o lugar é muito visitado por pessoas que se dirigem à Pedra da Gávea ou que vão fazer rapel no esqueleto ou simplesmente explorar a linda vista do topo do edifício. Um ponto turístico por natureza, porém, um lugar para onde convergem pessoas de forma somente transitória. Um antilugar.



















Fontes:









Vídeos da pesquisa:




10 comentários:

  1. Fantástico levantamento!
    A primeira foto está invertida.
    A foto com a placa "Praias Oceânicas" é em Niterói, de outra "caveira de burro"

    ResponderExcluir
  2. Que tristeza,o Tomorowland podia até doar um pouco de dinheiro, tipo 12 milhões,e fiquei feliz porque vai reabrir,em 2014 e acabar com Infiltrações!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muinto do hotel estou interessado.

      Excluir
    2. Lindo hotel gostaria de saber mas sobre esse negocio se esta a venda.

      Excluir
  4. Gostaria de saber mas informações sobre esse hotel. Se esta a venda. Aguardo retorno. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro amigo, infelizmente não possuo as informações que vc deseja. :(

      Excluir

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS