domingo, 30 de junho de 2013

Antigas estações ferroviárias paulistas - por Adriano Martins

 

Olá, gente!
Quando fiz a primeira postagem sobre ferrovias brasileiras e suas estações abandonadas, conheci Daniel Gentili, um explorador das ferrovias do país já faz mais de décadas. Ele contribuiu com tanto material que tive que dividir tudo em duas postagens - links para a parte 1 e para a parte 2.
Mês passado um fotógrafo leitor da página do Lugares no Facebook contou que fazia um trabalho similar às coisas que eu estava postando por lá.  Assim que tive tempo fui ver o link que me havia mandado e percebi que estava diante de uma coisa importante e muito bonita: alguém está registrando as estações das antigas e extintas linhas de trem que existiam no Brasil. Um novo olhar paira sobre o que resta das ferrovias paulistas no Brasil. Que bom!
Adriano Martins, parabéns pelo trabalho e muito obrigado pela colaboração aqui no blog. 

 Rotunda - estrada de Ferro Noroeste do brasil - Lins São Paulo

Estação EFS Pereiras - SP

Estação Rufino de Almeida - RMV - Cruzeiro - SP

 Estação Tibiriçá - Bauru - SP

Estação Tibiriçá - Bauru - SP 



 Primeira Estação CIA União Sorocabana e Ytuana - Lençóis Paulistas - SP

 Estação Pedro Alexandrino

 Estação Monjolinho - SP

 Estação Ferroviária Curitibanos - Estrada de Ferro Bragantina - SP

 Estação Ferroviária Curitibanos - Estrada de Ferro Bragantina - SP 

  Estação Ferroviária Curitibanos - Estrada de Ferro Bragantina - SP

 Estação Estrada de Ferro Sorocabana - Oiti - SP

 Estação Estrada de Ferro Sorocabana - Remédios - SP 

 Estação EFS Virgílio Rocha - Lençóis Paulistas - SP

Estação EFS Virgílio Rocha - Lençóis Paulistas - SP 

 Estação espraiado - Brotas - SP

Estação Estrada de Ferro Sorocabana - Remédios - SP  

 Estação EFS Virgílio Rocha - Lençóis Paulistas - SP 

 Estação EFS Virgílio Rocha - Lençóis Paulistas - SP 

Estação EFS Costa Pinto - Piracicaba - SP 

 Estação EFCB - Cachoeira Paulista - SP

 Estação EFS Conchas - SP

 Estação de Brotas - SP

 Estação de Torrinha - SP

 Estação Dois Córregos - SP

 Estação Dois Córregos - SP

 Estação CIA Mogiana - Bairro Alegre - São João da Boa Vista - SP

  Estação Brasília Paulista - Piratininga - SP

 Estação EFS CIA Ituana e Sorocabana  - Araquá - SP

 Estação EFS Alfredo Guedes - Lençóis Paulistas - SP

Estação Ataliba Leonel - Manduri - SP 

Fonte da pesquisa:
http://www.panoramio.com/user/1414435

15 comentários:

  1. Renato...Seu blog é fantástico e fenomenal. Parabéns. Acompanho sempre que posso. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Verônica Dubina8 de julho de 2013 16:46

    Você não tem noção da euforia que me passa cada vez que eu acesso o teu blog, é algo inexplicável. Um grande abraço e estimas de ainda mais sucesso.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de ver por aqui uma reportagem sobre Detroit, nos EUA! O abandono por lá é catastrófico! Um grande abraço e parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  4. Documentário sobre o Hotel de 5 estrelas Monte Palace, abandonado há mais de 20 anos numa das maravilhas naturais de Portugal. http://www.youtube.com/watch?v=ZYGilA8B58U

    ResponderExcluir
  5. Descaso e abandono das ferrovias. Esse é o retrato do Brasil que agoniza com ruas e estradas engarrafadas enquanto a ferrovia é esquecida e poderia tirar nossas cidades do caos que vivem atualmente. Até quando vamos ver ferrovias serem erradicadas neste país? Porque o trem não tem lugar na mobilidade? Porque só o Brasil destrói sua malha ferroviária? Mistérios ou será o óbvio? O óbvio de que o carro, ônibus e caminhões são mais "interessantes" para o governo.

    ResponderExcluir
  6. É lamentável ver o enterro das estações de trem de passageiros abandonadas, principalmente no interior de São Paulo
    Recentemente ví uma estação de Lins-SP completamente abandonada ao tempo.
    Bons tempos da Paulista na década de 60 que era digna de 1º mundo que eu tive a oportunidade de viajar quando criança!
    Imagine uma locomotiva da Paulista V8 ir até 165 KM/h como recorde do país e ver hoje locomotivas mesmo novas indo até 80 km/h para transporte prioritário de cargas?
    Os grandes centros, como São Paulo-SP , um caos no trânsito nas marginais, rodoanel e estradas sobrecarregadas de caminhões bitrem e tritrem destruindo a pavimentação asfáltica pelo excesso de peso , quando poderia ter um transporte ferroviário decente.
    Os governantes dos municípios viram as costas que se fosse um cemitério abandonado as estações.
    Quando vemos algumas estações restauradas no interior de São Paulo, são usadas como Secretarias de Cultura, Turismo e Museus contando a história das ferrovias no seu auge!!!
    Veja o exemplo de Bauru que tinha uma estação digna de 1º mundo que tinha o destino para um Shopping Center?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reger uma naçāo, requer antes de qualquer interesse pessoal,uma motivação muito forte em manter as origente e raízes criadas por um povo e para serem usadas por esse povo. Nesse caso, estamos deixando morrer algo que nos faz sentirmos totalmente insensíveis a tempo.

      Excluir
    2. Reger uma naçāo, requer antes de qualquer interesse pessoal,uma motivação muito forte em manter as origente e raízes criadas por um povo e para serem usadas por esse povo. Nesse caso, estamos deixando morrer algo que nos faz sentirmos totalmente insensíveis a tempo.

      Excluir
  7. Caro Amigo; adorei ver fotos das antigas estações de trem. tenho adoração poe esse passado que foi esquecido.
    Talvez você não conheça uma pequena estação que fica localizada entre Nova Pauliceia e Nova Europa no estado de São Paulo, é linda ,passei várias vezes por lá e sempre me apaixono por ela.
    Fica o convite.
    joserobneves@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Nao sei mas quando vejo essas imagens me vem alguns flashs na memoria, como se fosse um deja vu, aquela sensaçao de ja ter estado la; uma sensaçao de saudade de um lugar onde nunca passei. Muito obrigado pela bela materia.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Tão abandonados que avivam mais e mais as saudades!

    ResponderExcluir
  11. Como compartilhar no facebook, estas
    maravilhosas imagens?

    ResponderExcluir
  12. http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/04/1871944-abandono-marca-antigas-estacoes-ferroviarias-no-interior-de-sao-paulo.shtml
    Infelizmente, a cultura da ferrovia e da memória ainda é muito pobre no Brasil.

    ResponderExcluir

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS