terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Parque Augusta - São Paulo - SP



Olá, gente boa.
Quero mostrar um material que o leitor Adorno Whert - ciberativista e fotógrafo - me mandou. É um espaço urbano bem localizado em São Paulo e que está sendo disputado por dois lados muito interessados: a população e os empresários. Estes querem fechar o espaço e aqueles querem abrí-lo, disponibilizá-lo ao cidadão. Se trata nada mais que uma das últimas áreas permeáveis do centro da cidade.
Nunca entrei muito em questões políticas e quase nunca entro, pois esta não é a finalidade do blog. Porém, eu sempre soube que decisões políticas também geram patrimônio abandonado dentro da área urbana e que isso viria à tona nos comentários dos leitores. Por este motivo é que deixo aos leitores a discussão sobre política. Falo tudo isso pois sei que esta postagem vai nos levar fatalmente para as questões: o abandono e a venda do patrimônio público e a destinação correta desses espaços dentro de uma malha urbana tão intrincada quanto a de Sampa. Qual a necessidade desses espaços livres na cidade?

Os direitos das imagens e do texto seguinte são de autoria de Adorno Whert..

Parque Augusta
"Área de 24 mil metros quadrados de remanescente da  mata atlântica, existindo no local mais de 600 arvores, sendo algumas de grande porte.
Voltando ao passado no local existia o palacete da família Uchôa, erguido em 1901, o local ficou conhecido como Vila Uchôa, mas foi vendido em 1906 e no ano seguinte foi inaugurado o colégio  Des Oiseaux, para meninas da elite paulistana, ( local era amplo que automóveis podiam entrar e deixar as alunas dentro do colégio. Algumas paredes com adorno de flores e frutos Brasileiros), sendo duas alunas de destaque, a politica Marta Suplicy e socióloga Ruth Cardoso.Mas no final dos anos 60 o colégio foi fechado, aos poucos e finalmente em 1974 o prédio foi demolido.
O ultimo proprietário , um ex banqueiro, vendeu em 1990 o local para mega construtoras que querem fazer duas torres comerciais (shopping) e um jardim interno e não publico.
Houve diversas manifestações para o local se tornar parque publico, em 2008 o local é declarado área de utilidade pública pelo ex prefeito de são paulo Kassab, e o projeto de lei PL 345/2006 que se arrastava desde 2010, que prevê a criação do parque municipal augusta foi aprovada na câmara dos vereadores no ultimo dia 27/11/2013 tendo 30 dias para o atual prefeito Haddad sancionar ou vetar, em caso de sancionar o paulistano terá 24 mil metros quadrados de lazer e ar puro, mas em caso contrário existirá no local duas ou até mesmo três torres comerciais com aumento de fluxo de automóveis."


























Uma reportagem sobre o espaço:




Link do Parque Augusta no Worldpress:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS