quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Escola abandonada em Paulista - PE


Estamos quase alcançando as 300 mil visitas e eu dedico aos inúmeros leitores do mundo inteiro esse sucesso. Obrigado de coração, eu nunca pensei que esta página alcancaria tanta gente em tantos lugares. Gostaria de ter mais tempo para atualizar mais vezes o blog, sei que há leitores que semanalmente acessam para ver novidades, e a esses queridos leitores semanais peço desculpas imensas.
O Lugares Esquecidos é um trabalho de pesquisa na Internet e o mostruário de explorações de Urbexs brasileiros. É o caso dos trabalhos de LTW, o qual possui postagens muito populares e sempre acessadas por aqui. E foi no município de Paulista, em Pernambuco, que o nosso colaborador LTW visitou uma escola abandonada . Ele não encontrou muitas informações sobre ela mas sabe que foi abandonada há mais ou menos dois anos. 







terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Ruínas da Fazenda Zumbi Safari - Igarassu - PE


Numa famosa área da camping, localizada dentro da região metropolitana de Recife jazem ruínas de uma antiga fazenda do século 18. Uma visita de mais um colaborador e explorador brasileiro e eleitor do blog. Foi o Elessandro Albuquerque http://www.facebook.com/elessandro.albuquerque, que já colaborou com imagens muito legais de uma ruína de igreja em Abreu e Lima - também no estado de Pernambuco - http://www.lugaresesquecidos.com.br/2011/02/procura-das-ruinas-da-igreja-de-sao.html.

Chamada de Fazenda Zumbi - não encontrei muitas informações sobre este lugar - há uma certa confusão sobre este lugar. Alguns chamam de "Ruínas do Engenho" (mas qual?), "Fazenda Araruna", "Zumbi Safari", "Capela de Nossa Senhora da Dores", "Casa dos Araruna", "Velho Engenho"... entre outras. Mas são ruínas do século 18 com traços fortíssimos do neoclassicismo. O complexo de ruínas é formado pela Casa Grande, Forno de Cal e pela Casa de Farinha. Certamente pertenceu à família Araruna.

Casa Grande





sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

As Ruínas de Igatu - Bahia


Igatu é uma cidade do século XIX e se chamava Xique-Xique de Igatu nos áureos tempos da mineração de diamantes na região. Chegou até a ter um cinema e mais de nove mil habitantes. As chamadas Ruínas são as casas dos garimpeiros que lá viviam. e estão espalhadas ao redor de toda a vila, por cima das encostas dos morros, ao longo do rio, e se acumulam na pequena vila em ruínas que é composta por cerca de três longas ruas de casas as quais possuem uma história interessante: depois de esgotadas as minas de diamantes os únicos lugares ainda não explorados eram os chão de suas próprias casas. Então cavaram cerca de um metro e meio abaixo do chão de suas casas - o madeiramento de seus telhados desceram as montanhas com seus donos para serem montados em outro lugar. Dizem que suas pedras também foram usadas na construção do Canal do Panamá. Algumas casas aproveitam a própria laje natural da encosta. Um Cenário fantástico, mágico.
Essa foi minha ultima parada em minha viagem de férias pela Bahia. Voltarei lá com certeza. À Igatu.





TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS