domingo, 28 de julho de 2013

Kadykchan, o vale da morte - Rússia


Kadykchan
A pesquisa sobre a Rússia abandonada rendeu tanto material que essa cidade merece um post só dela. Sei que ChernobylPripyat  e todas aquelas cidades que foram abandonadas pelo desastre merecem ainda destaque aqui no blog. Será outra grande postagem.
Mas vamos falar de Kadykchan, não tão famosa mas com o mesmo destino das outras, o abandono.
Em 1986 haviam pouco mais de dez mil habitante no local, em 89 a cidade possuía 5794, em 2002, 875 e atualmente ela não tem população. Isso se deve ao forte frio que a região enfrenta no inverno. O isolamento e as baixíssimas temperaturas no inverno impossibilitaram a sobrevivência neste local, também chamado de Vale da Morte, por motivos óbvios. O inverno siberiano pouco a pouco detonou toda a infraestrutura de tubulações existentes e que fazia a cidade funcionar. Os carros dificilmente voltavam a funcionar depois do inverno.
Kadykchan foi construída para servir de base e moradia para mineradores de ouro e suas famílias na década de 70 mas não resistiu e hoje está vazia. Sua alma revive a cada verão. Cada vez mais velha e decadente, como uma boca que, com o tempo, vai faltando mais um dente.

Quero parabenizar a Laica, exploradora urbana, a qual permitiu o download de suas imagens e também quero mostrar esse vídeo sobre a cidade nos anos 90, de quando ainda havia vida em Kadykchan.



A cidade hoje:






sábado, 27 de julho de 2013

Rússia abandonada



Olá, gente!
Incrível o que vem acontecendo com a Rússia nessas últimas décadas. Quem poderia imaginar que as proporções continentais do país e seu sistema de governo pudessem ser um tiro no pé daquele governo/união/país e que fossem os principais motivadores de seu desmembramento em várias outras culturas/estados?
Ficou muito difícil de manter o comunismo com seu sistema econômico falido. Bastou a primeira república conseguir a independência que várias seguiram seus passos, e em dezembro de 1991 se dissolveu a União Soviética. Com isso, toda uma infra estrutura de prédios, equipamentos, grandes construções, como os grandes monumentos da época, e até cidades inteiras foram literalmente abandonados.
Aqui no blog já mostramos muitas coisas relacionadas ao abandono na Rússia e na antiga URSS - União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, abaixo relaciono um a um:

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2012/02/as-igrejas-abandonadas-na-russia.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2010/06/ruinas-do-programa-espacial-russo.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2011/03/campanario-da-catedral-de-sao-nicolau.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2011/03/prisao-russa-em-perm.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2011/02/pyramiden-cidade-fantasma-russa-noruega.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2012/12/parque-gagra-abcasia-georgia.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2010/06/farol-atomico-russo-abandonado.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2011/01/complexo-aquatico-abandonado-russo.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2012/03/sergeevka-e-o-playground-medonho.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2010/06/grebnevo-ruinas-neoclassicas-russas.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2013/04/as-embaixadas-abandonadas.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2011/03/estacao-de-trem-abandonada-georgia.html

http://www.lugaresesquecidos.com.br/2012/08/parques-aquaticos-abandonados-e.html


... mas a pesquisa não acaba, assim como não acabam os lugares abandonados por lá. Que bom! pois assim volto a mostrar mais coisas da Rússia abandonada.
Vamos começar pelas cidades. Sim! falei que cidades inteiras foram abandonadas e tenho certeza que vocês ficaram curiosos, pois vamos a elas.

Aniversário
Isso mesmo, o nome dessa cidade é esse. Aniversário era uma cidade de mineradores. Essas cidades, na maioria das vezes, depois que as minas se esgotaram, foram abandonadas. Não foi diferente com Aniversário. A cidade possuía três escolas, um hospital, entre outros equipamentos urbanos, além das moradias dos trabalhadores.






domingo, 14 de julho de 2013

Os Sanatórios de Beelitz - Alemanha


Olá, gente.
Vamos voltar às postagens que é o que interessa...
Já faz um tempinho que achei esse lugar fantástico. E como há muito material sobre ele estava separando o que iria entrar para a postagem. 
O lugar é gigantesco! são 200 hectares, nos arredores de Berlim, que abrigam cerca de 60 prédios que pertenceram a um dos maiores complexos hospitalares que já se teve notícia. Tão grande que teve três fases de construção: de 1898 a 1902, 1908 a 1910 e de 1926 a 1930.
Eram hospitais públicos. Ao norte ficavam os prédios para portadores de tuberculose, ao sul para portadores de doenças não transmissíveis. As áreas eram separadas por sexo e os funcionários também eram do mesmo sexo que os pacientes. Tudo muito organizado e comandado pelo estado alemão. Em seu auge abrigou 1200 leitos. 
Durante as Guerras Mundiais, os sanatórios serviram de hospital de guerra para soldados doentes e feridos na frente de batalha. Entre 1914 e 1918 chegou a abrigar cerca de 17.500 convalescentes.
Atualmente, ele não está abandonado por completo. Muitos de seus prédios está restaurada e tem um uso. Alguns proprietários adquiriram verbas da União Européia para a reforma; uma pequena usina de geração de energia foi transformada em monumento; os prédios do sul abrigou até 1998 hospitais e sanatórios para mulheres e agora são lares para idosos, uma Escola de enfermagem, uma clinica de reabilitação neurológica, uma clínica de reabilitação infantil, um hospital especializado no Mal de Parkinson e até habitações coletivas.
A parte abandonada é imensa... os bancos credores não conseguem compradores para os prédios restantes - a maioria - e a natureza vai tomando conta de tudo. Como sempre.
O lugar já serviu de set de filmagem para "Operação Valquíria" com Tom Cruise, "O Pianista" do Polanski, "Sick House" do alemão Wolfgang Becker, entre outros.
É um point muito badalado pelos exploradores e outros visitantes. Separei seis galerias de pessoas que foram lá e fotografaram. Dessas seis, tentei separar vinte fotos de cada, mas não consegui. Tem mais que isso. No fim de cada postagem disponibilizo os links das galerias, que têm muito mais que vinte fotos cada. Visitem todas. São olhares diferentes sobre o mesmo lugar, o que tornou a postagem bem completa e abrangente.
Acho que vocês vão gostar bastante. É um lugar gigantesco e assustador, com muitos corredores, salas, escadas, equipamentos e mobiliário... vejam as galerias.

Galeria de Cornelius Bartke
A galeria dele é tão grande que resolvi escolher somente imagens do exterior dos prédios que ele visitou. Dá pra ter uma noção bem boa do conjunto de prédios que está abandonado.




TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS