terça-feira, 22 de outubro de 2013

Hidrelétrica abandonada no Japão.


Olá, gente boa!
O Japão está em alta aqui no blog, já repararam?
É que estou explorando dois sites urbex's que encontrei, ambos de extrangeiros que moram lá. São: http://www.haikyo.org/about/ e o http://ralphmirebs.livejournal.com/. O primeiro é de um inglês e o segundo de um russo. O inglês tem seu website principal que é o http://www.totorotimes.com/. Aliás, existe um nome que denomina a exploração urbana no Japão. Se chama haikyo. Vale muito á pena explorar esses links. : D

Hidrelétrica abandonada
Já começo com a pergunta: como pode uma hidrelétrica estar abandonada? Como uma estrutura tão grande pode estar abandonada? Eu apostaria em crise financeira na empresa ou erro de cálculo na estruturas, mas nesse caso foi por causa da subida de nível do rio e da conseqüente construção de uma maior. O rio subiu tanto que cobriu a própria hidrelétrica em alguns pontos. Ela tem altura de altura de 89,5 metros de altura  por 265 metros de  comprimento. Sua tarefa principal não é a geração de energia, era de regulação dos níveis de água no rio e prevenção de inundações em chuvas, mas também gerava eletricidade. A construção começou em 1953 e terminou em 1964. A energia gerada era de 36,7 MW. 
É um lugar incrível para visitar, com muito cuidado, lógico.





segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Cemitério de eletrodomésticos - Japão


Cemitério de eletrodomésticos - Japão
É muito comum nas pequenas cidades do Japão ver caminhões carregados com antigos eletrônicos, eletrodomésticos, brinquedos, bicicletas, entre outros objetos. 
Na periferia de Niigata, encontra-se esta área com montanhas de televisores, máquinas de lavar e impressoras. Os objetos - neste caso - não estão à venda à população, serão enviados para a China para análise de peças e materiais. Algumas delas ainda estão funcionando, mas não importa, foram descartadas pelo consumo acelerado do mercado japonês.




sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Parques de diversões abandonados no Japão


Postagem atualizada em 18 de outubro de 2013.

Olá gente!

Não aguentei e estou aqui de volta hoje pois encontrei tanta coisa legal, que não posso deixar pra depois. Tudo no Japão! São parques abandonados por lá e nunca paro de encontrar material. A atividade urbex está aumentando significativamente por lá, influenciada bastante pelos europeus e americanos que moram por lá - muitos estudam, dão aulas de inglês. 
De fato as grandes cidades estão mesmo colapsando - economicamente e socialmente. Suas estruturas mais antigas já não se sustentam mais sem a manutenção devida e o abandono vem por vários motivos.
Vamos aos parques. 

Parques de diversões abandonados no Japão

Irozaki Jungle Park
O Japão adora um parque temático. O Irozaki Jungle Park era originalmente um enorme jardim botânico localizado um extremo sul da Península de Izu que depois foi transformado numa espécie de parque ecológico. Não se sabe ao certo a causa de seu abandono, mas como toda moda passa muito mais rápido no Japão, seus frequentadores devem ter achado algo mais divertido para fazer. 
Hoje a natureza toma conta.



quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Hotéis abandonados no Japão



Olá, gente boa!
Já falamos aqui em hotéis abandonados no Japão, mas precisamente em Okinawa - na postagem http://www.lugaresesquecidos.com.br/2013/08/hoteis-abandonados-em-okinawa.html - mas há tantos outros hotéis abandonados nesse país, que merece uma postagem só pra eles, os hotéis abandonados do Japão.

Deer Spring Lodge
Quero começar com uma pequena hospedagem abandonada em alguma área remota ao redor Chichibu, na província de Saitama. Toda em madeira, ela está se deteriorando bem rápido.







terça-feira, 15 de outubro de 2013

Concerto no reservatório subterrâneo do rio Eltsovka



Olá, gente boa.
Quero falar de um assunto muito interessante que está acontecendo em lugares abandonados, principalmente em subterrâneos: eventos com música!
Uma das especialidades da exploração urbana é entrar nas gigantescas redes de esgoto e águas pluviais abandonadas na cidade. Muitas vezes se trata de uma infra estrutura já ultrapassada e descartada após uma modernização das redes urbanas. Um fenômeno muito comum na grandes cidades da Europa e EUA.
Em Paris rolam festas e festas nas galerias subterrâneas, todas secretas. Em Berlim há um complexo de túneis abandonados por baixo de quase toda a cidade, e por aí vai. Festas e eventos musicais estão cada vez mais comuns nesses lugares. A acústica é perfeita.
Encontrei uma aventura bem radical nesse sentido. 

Concerto no reservatório subterrâneo do rio Eltsovka
Em 12 de outubro deste ano aconteceu um concerto acústico no rio subterrâneo Eltsovka, um lugar muito visitado pelos exploradores mais radicais russos. Foi uma reunião de um grupo que se encontrou pra ouvir um cantor e seu violão. Além do concerto acústico, eles comeram e confraternizaram nesse cenário de tubulações gigantescas e esquecidas. Uma alternativa do cidadão de hoje se expressar na Rússia?
Por motivos políticos ou não, essa reunião revive o local abandonado de uma maneira muito incomum e bonita. Parabéns à galera russa.
Foram ouvidas as canções do álbum "Kamenka Underground" e as 14 pessoas presentes foram reunidas por um explorador de câmaras de inspeção e galerias subterrâneas. No local foi posta uma pequena mesa. Além do músico e performer, estava presente também um mestre de cerimônias que tornou tudo ainda mais divertido e irônico. Como parte do show ouviram-se hits com nomes bem sugestivos como "Vai, debaixo da terra", "E onde é isso?". Após o concerto, foi oferecido um passeio pelo colector. Que programa inusitado, não?




terça-feira, 1 de outubro de 2013

Palácios e castelos abandonados


Olá, gente!
Faz tempo que estou pra escrever sobre esse tema. Castelos e palácios são prédios com programas de necessidades geralmente muito extensos. Têm torres, telhados com seus enormes sótãos, quartos e mais quartos, subsolos salas e salões, isso sem falar nos espaços externos - jardins, piscinas, passeios etc. 
Escolhi alguns exemplos diferentes entre si pra mostrar pra vocês, de países e estilos bem distintos. Suas histórias são fantásticas, cercadas de mistérios e às vezes de tragédias.
Essa é uma postagem que estará sempre sendo atualizada. Vamos aos castelos e palácios!

Palácio Onuškis em Rokiškis, Lituânia

Um antigo palácio neoclássico com uma fachada de 11 colunas, cujo projeto acredita-se ser do famoso arquiteto Cezaris Anikinis. Na Lituânia, esse belo prédio, que já foi totalmente saqueado e depredado, pertenceu a vários donos, foi incendiado durante a Primeira Guerra Mundial mas suas ruínas estão lá até hoje. Preservadas, fazem parte de um parque. Tem um passado cheios de histórias...

 


TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS