sábado, 18 de janeiro de 2014

Cinemas pornôs abandonados


Olá, gente boa!
Já começo essa postagem avisando que as imagens são desconcertantes e, principalmente no segundo cinema, nojentas. Quem se sentir ofendido com o tema, por favor nem continue. É para quem tem estômago forte.

AVISO - CONTEÚDO ADULTO NESTA POSTAGEM



Park Theatre - Detroit
Inicialmente um cinema para adultos nos anos 1970, construído e administrado pela empresa de Larry Flynt, o magnata do pornô, o edifício está abandonado há seis anos em um trecho comercial semi-ocupado em Lincoln Park. De início abrigou um cinema adulto, mas com a chegada do vídeo, e com a passagem da produção do porn movie para o vídeo, a casa teve que ser repensada. 
No"teatro" reformulado, os fregueses, através de uma fenda pequena, poderiam reservar uma sala particular, alugar um filme e assistir, ou simplesmente locá-lo para ver em casa. Esse tipo de entretenimento adulto se tornou muito comum desde o fim dos cinemas pornôs de uma única sala, no fim dos anos 80. Muitos também eram sex shops - modelo que existe até hoje. 
O cinema passaria por uma reabilitação, na qual seria proposto ocupá-lo com 12 apartamentos loft. Isso fazia parte de um projeto que devia ter sido executado até o final de 2013. Diante da situação de Detroit, penso que ele não foi pra frente.






















Fonte:

http://www.mlive.com/business/detroit/index.ssf/2012/11/a_look_inside_downriver_detroi.html1

Fox Theatre
Esse é um clássico cinema pornô onde aconteceu muito, mas muito sexo. Escritos nos banheiros, marcações e encontros, desejos... Camisinhas usadas - muitas - por toda parte, muita sujeira. O clima é pesado e as energias impregnadas nesse local são fortes. O explorador levou uma luz negra e as revelações são óbvias e chocantes: marcas e marcas de ejaculações. 
Reitero, quem não tiver estômago, favor não ver as imagens a seguir.





































Fonte:

http://imgur.com/a/0Ynwo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS