segunda-feira, 31 de março de 2014

Instituto Nacional do coração - Brasília


Olá, gente boa!
Encontrei mais um hospital abandonado aqui na cidade. A dica foi passada para mim por um leitor do blog, obrigado!
Se localiza num dos locais mais nobres da capital do Brasil e é difícil acreditar que está abandonado. Faliu em 2012. E o prédio encontra-se bem detonado.

INACOR - Instituto Nacional do Coração - Brasília
Os corredores escuros nos fizeram entrar com cautela neste lugar. Os barulhos de portas rangendo, abrindo e fechando, e batendo forte com o vento nos arrepiava. Continuamos. Em silêncio respeitoso ao lugar.
Já está bastante vandalizado e como entra muita água através dos telhados quebrados, os forros de gesso estão colapsados, tornando o cenário ainda mais surreal. Não encontramos equipamentos de específico de hospitais como no da outra postagem, mas os barulhos,os odores, eram bem mais fortes nesse hospital. Subimos andares e tudo parecia um grande labirinto decadente. Um jardim interno logo na chegada nos surpreendeu bastante, e também um aposento de carpete no último andar - que provavelmente seria uma grade sala do diretor, talvez - o qual se encontra todo coberto de musgo verde, lodo. 
Encontramos vários sinais de camas armadas em muitos pontos, mas mesmo elas parecem estar abandonadas, devido, muito provavelmente, a ausência de um lugar seco. 
Vejam vocês mesmos e divirtam-se.




domingo, 16 de março de 2014

Hospital fantasma na capital do Brasil


Olá, gente boa!
Ontem fui com dois amigos ao encontro de um hospital abandonado. Era um hospital que funcionava normalmente há uns dois/três anos atrás, mas que foi diminuindo suas atividades até fechar. Suspeito de uma reforma no prédio que obrigou o hospital a manter suas atividades somente no subsolo, mas até isso - a reforma -  está visivelmente parada. O hospital, apesar de privado, era gerido pelo estado.
Eu já havia visitado o hospital anteriormente, para entender o que estava acontecendo com ele: um prédio abandonado bem no meio de uma malha urbana movimentada aqui na capital. Vários hospitais, escolas, igrejas e até um parque rodeiam essa "peça urbana" que destoa do entorno por causa de suas condições.
Quando chegamos, descemos para o subsolo e percebemos que as entradas para os pavimentos superiores estavam trancadas. Frustrante. Tivemos que sair e resolver como acessar os demais andares. 
Problema resolvido, chegamos aos andares seguintes. Os dois primeiros já modificados pelas reformas iniciais mas o terceiro não. 
No terceiro andar encontramos o que estávamos procurando: um andar abandonados com coisas de hospital. Camas, arquivos, equipamentos hospitalares, tecnologia antiga - telefones, computadores, entre outros - cofres (!), foram alguns dos objetos que nos deparamos. O vento que circulava livremente fazia as portas baterem o tempo todo, às vezes ouvia passos, pombos e corujas voavam repentinamente sobre nós vindos de um buraco qualquer, era de dia mas mesmo assim arrepios subiam em minhas costas. Por um buraco pequeno atravessamos um compartimento que levava ao último andar, o qual acessava diretamente o terraço. Nunca havia feito uma exploração em um hospital abandonado e lhes digo, foi muito interessante.
Obrigado ao Messala e ao Tiago. Vamos às imagens.





quinta-feira, 6 de março de 2014

Casas abandonadas pelo mundo


Postagem atualizada em 06 de março de 2014.

Olá, gente boa!
Nesse feriado de Carnaval eu andei pela Bahia e registrei duas casas abandonadas. Duas típicas casas da roça. 

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS