quinta-feira, 13 de outubro de 2016

As mansões abandonadas de Shekhawati


Olá, gente boa! que tudo esteja na paz de pensamento com todos vocês.
Queridos leitores, chegamos à marca de 2 milhões de acesso. Parabéns para vocês que lêem o Lugares Esquecidos. Sou muito grato.
Trouxe para vocês uma história sensacional, a qual também é um fenômeno de abandono de setores da cidade nos nossos tempos. Na Índia, Rajastão, uma antiga rota para a China um dia foi muito próspera e rica. Eram os tempos dos poderosos Marajás e cujo legado, hoje em dia, se encontra bem decadente.



As mansões abandonadas de Shekhawati
Shekhawati fica no norte do Rajastão e é composta por 4 distritos: Jhunjhunu, Sikar, Churu e Nagaur, e em todos esses lugares, por onde a antiga rota passava, dentro de suas cidades, estão escondidas essas jóias arquitetônicas. São antigos palácios e mansões - que abrigavam famílias abastadas, as
quais migraram para outras cidades maiores da Índia - e que foram tendo outros usos, como hotéis de luxo, por exemplo, depois de terem sido "deixadas para trás". 

Apesar de ter sido fundada no século 15, foi no 19 que a cidade prosperou. A região reduzia a taxa paga pelos mercadores, além de ser o único caminho para regiões acima, de fronteira do país, como a China e o Paquistão.
As mansões receberam o mais alto grau de expressão artística, mas quando outras rotas comerciais surgiram e os mercadores migraram para cidades como MumbaiCalcutá e outras na costa da Índia, os ricos proprietários numa cidade que enfrentaria a decadência, a qual culminaria nos anos 50. Eram prédios de muita cor com muitos mosaicos e afrescos, com desenhos que misturavam ícones da cultura indiana com o da cultura européia da época. 
Hoje em dia muitos dos prédios abrigam várias famílias numa mesma mansão, como uma espécie de prédio condominial, pagam aluguel a um proprietário ou algo parecido. Fenômeno semelhante aconteceu com os palacetes de São Paulo quando as famílias ricas se mudaram do centro decadente da cidade, no início do século 20, os palacetes foram sublocados e surgiram os "cortiços". 
Então! muitos desses lugares viraram cortiços e muitos outros estão vazios, ou viraram hotéis sem clientes. Esquecidos.





















 

















Fontes:




Vídeos:


4 comentários:

  1. Olá!
    Adoro o Blog e já acompanho a um tempo! Adoro Urbex e morro de curiosidade nas histórias por trás desses lugares.
    Sou do Rio, onde existem muitos lugares esquecidos, mas suas fachadas e redondezas estão sempre muito movimentadas até mesmo para observar de fora.

    No bairro do Maracanã, sempre que passo pela Rua Ibituruna - nº81, eu morro de vontade e MUITA curiosidade de adentrar um Casarão que dizem ter sido do Barão de Mesquita. Ele é lindo e imponente, e como é todo em pedra, está mt bem conservado. Bem que no Rio poderia ter um turismo Urbex! Para matar um pouco desse meu frenesí (e o de outras pessoas também).

    Nesse link dá pra ter uma noção do quanto é lindo! Rs http://rcmaias.blogspot.com.br/2011/02/casarao-da-rua-ibituruna-81-maracana-rj.html

    Parabéns mais uma vez pelo blog!

    ResponderExcluir
  2. Cara, sério... que bom que você voltou!!! Eu entro aqui todo santo dia pra ver se tem postagens novas!!! Meus parabéns por todos os acessos!!! Seu blog e você merecem pela qualidade e empenho!

    Detalhe é que sempre acabo indo pra seção de parques de Diversões quando não há nada novo... kkkkkkkkkkk

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Adoro o site, espero que continue atualizando!!!

    ResponderExcluir
  4. Concordo com o Luiz.
    Cara você ficou muito tempo longe rrsrsrsrsr... A correria do dia a dia se torna complicado, parabens. Acompanho este blog a muito tempo já.
    A seção de parques abandonados é demais.
    Realmente poderia ter uma atualização destes ou até mesmo dos parques aquaticos.
    Abraços.

    ResponderExcluir

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS