domingo, 22 de dezembro de 2019

Burj Al Babas

Olá, gente boa, quanto tempo. Como as prioridades mudam na vida da gente, não é mesmo? mas faço questão de deixar esse lugar ativo pois sei que tenho muito admiradores do Blog. E foi um deles, pelo Instagram, o @select.universo, que me fez voltar aqui hoje para falar desse lugar que é muito louco, parece uma cidade criada pela Disney, O Burj Al babas.
Burj Al babas, quando a Turquia encontra a Disney
O Burj Al Babas na Turquia foi concebido para ser uma comunidade de luxo para estrangeiros e um resort termal. Porém, devido à crise econômica pela qual passa a turquia atualmente, os gestores do projeto entraram com pedido de concordata, e os compradores desistiram de suas compras, deixando a vila, que mais parece ter saído de algum parque da Disney, completamente vazia. seus telhados em forma de torre cinza-azuladas com ornamentos que remetem ao góticos chamam a atenção para os castelos dos filmes dessa companhia.
O projeto começou em 2014, e o Grupo Sarot, os donos do projeto, esperava que a proposta arquitetônica de estética luxuosa agradasse bastante os compradores estrangeiros ricos, mas não foi isso que aconteceu e agora suas ruas e ruas de casas estão vazias, bem na base das montanhas do noroeste da Turquia. Em lugares como Nova York, Las Vegas, Tóquio, enfim, em milhares de cidades no Planeta já possuem muitas propriedades abandonadas, mas ao meu ver, nenhuma delas é tão cenográfica e fantasmagórica quanto as vilas vazias de Burj Al Babas. Simbolicamente, esse lugar representa perfeitamente a situação econômica da nação.
As villas estão localizadas perto da pequena cidade de Mudurnu, na região noroeste da Turquia. O arquiteto do projeto disse à mídia que os compradores provavelmente foram impactados pelo declínio nos preços do petróleo.
As vilas estão localizadas perto da pequena cidade de Mudurnu, na região noroeste da Turquia.
As casa foram oferecidas por valores entre 400 mil e 500 mil dólares cada. E apesar delas possuírem um preço que atendia apenas a uma clientela mais abastada do Oriente Médio, das mais de 732 moradias, cerca de 350 ainda foram vendidas para investidores árabes.
Analistas econômicos criticaram os gastos excessivos do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, com projetos de infraestrutura, que exigiam empréstimos de bancos estrangeiros e além das políticas públicas, a queda da economia turca também foi apontada pelos analistas.
Em outubro de 2018, a taxa de inflação da Turquia chegou a 25% - a mais alta em 15 anos. Este salto foi em grande parte influenciado pelo declínio da moeda do país, a lira. Em setembro, o banco central da Turquia elevou as taxas de juros em uma tentativa de combater esses problemas, mas como o valor da lira despencou, os investidores estrangeiros começaram a sair dos projetos, o que levou a uma queda na indústria da construção. E, além de tudo isso , a Turquia também foi atingida por turbulências políticas. Enquanto o país caminha em direção a uma recessão, o arquiteto do Burj Al Babas continuava esperançoso de que o desenvolvimento seja aberto em outubro de 2019. E parece que ainda não foi.
Fonte:

3 comentários:

  1. Espetacular... é um lugar maravilhoso e fadado ao abandono já... é triste e lindo ao mesmo tempo!!!
    Queria aproveitar pra parabenizar o retorno e sei que é muito pedir, mas volta mais cara... esse blog é demais... acompanho há muito tempo e já absolutamente todas as postagens... com ênfase na postagem dos parques de diversão, essa volta e meia estou vendo... dá até saudade... kkkkkkkkkkkkk aquele abraço do Cabelo

    ResponderExcluir
  2. Espetacular! E aproveitando, que saudades das suas postagens!! Eu fico revendo toda a página, centenas de vezes por ano (desde 2014), não me enjoo... muito bom!! Parabéns!!

    ResponderExcluir

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS