terça-feira, 7 de abril de 2020

Ani, a cidade das 1001 igrejas


Olá, gente boa, meus leitores queridos. 
Tenho acompanhado as estatísticas do blog, como sempre, e elas são as melhores. Quero agradecer pela presença. :D
Achei esse lugar especial e queria mostrar aqui. Um lugar que foi de muitos reinos e hoje é uma região turca. Uma postagem longa, pois a história do local é fascinante. Vamos lá!

Ani, a cidade das 1001 igrejas

Ani pertenceu à muitos reinos e impérios ao longo dos séculos. Dos bizantinos aos otomanos, a cidade já abrigou milhares de pessoas, tornando-se um centro cultural e de poder regional sob a dinastia armênia bagrátida medieval. Hoje, é uma cidade fantasmagórica e abandonada.
Sozinha em um platô nas longínquas terras do nordeste da Turquia. As suas muitas ruínas se desfazem no vento há mais de 90 anos. essa região marca a fronteira entre a Turquia e a Armênia.
Das muralhas de Ani se tem uma vista panorâmica das ruínas que englobam trezentos anos e cinco impérios - incluindo os armênios, bizantinos, turcos, georgianos e otomanos. O platô Ani foi cedido à Rússia quando o Império Otomano foi derrotado na Guerra Russo-Turca de 1877-78. Após o início da Primeira Guerra Mundial, os otomanos lutaram para recuperar o nordeste da Anatólia e, apesar de terem recuperado Ani e a área circundante, a região foi entregue à recém-formada República da Armênia. O local mudou de mãos pela última vez depois que a nascente República Turca o capturou durante a ofensiva oriental de 1920 na Guerra da Independência da Turquia, que fechou oficialmente sua fronteira terrestre com a Armênia em 1993, em resposta a um conflito territorial entre a Armênia e o aliado da Turquia, o Azerbaijão.



quarta-feira, 1 de abril de 2020

Dargavs, a "Cidade dos Mortos" na Rússia.

 

Olá, gente boa. Espero encontrá-los todos muito bem. 
Hoje quero falar de uma vila, que na verdade é uma espécie de cemitério. Sua história envolve alguns mistérios e superstições... Vamos lá!

Escondida nas montanhas do Cáucaso, há uma "cidade" com uma história tão sombria... os habitantes locais acreditam que aqueles que entram na cidade misteriosa nunca mais voltarão.

Dargavs, a "Cidade dos Mortos" na Rússia.

O antigo complexo arquitetônico de Dargavs, na República da Ossétia do Norte, definitivamente merece ser mais conhecido e até parece ser um bom candidato ao status de Patrimônio Mundial da UNESCO. Esta área é habitada desde a idade do bronze e acredita-se que seja o centro do que era conhecido como Tagauria - que acreditava ser uma sociedade formada pelos descendentes de Taga, e talvez até o próprio Taga morasse aqui. Os prédios na colina nunca foram usados ​​como casas, na verdade são túmulos e todo o local é um cemitério. Por esse motivo, é frequentemente referida como a Cidade dos Mortos. A vila de Dargavs é considerada um dos lugares mais assustadores da Rússia - está erguida sob cerca de 10.000 corpos.

TOP 10 - POSTAGENS MAIS POPULARES DO MÊS